Carta ao Leitor: Aprendendo a Pensar

03.2016.pg.4

Amigo leitor, o pensamento é formado com as energias prâna e ectoplasma, que juntas constituem a sua forma. O corpo mental se desenvolve de acordo com os nossos pensamentos e, com o auxílio do éter material, realizamos os nossos desejos. Construímos o corpo mental durante o período de nossa existência pelo exercício de nossa capacidade mental criativa e emoções elevadas.

O pensamento constrói a nossa vida. Somos o que pensamos que somos, por isso é necessário exercitar o mental com boas leituras, pensamentos próprios e produtivos, e não nos deixar ser atingidos por pensamentos externos, sem saber de onde vêm, nem qual a sua finalidade.

Usando o pensamento de forma correta, temos o poder da criação. É o poder que nos foi dado por Deus, mas que exige de nós, esforço e vontade para criar construtivamente.

Durante a nossa existência no corpo físico, temos a oportunidade de desenvolvimento intelectivo, do raciocínio, da razão. O pensamento é importante no processo da auto-evolução para a elevação da consciência, pois determina o conteúdo e qualidade da energia dos nossos veículos.

Para chegarmos ao pensamento lúcido é necessário nos livrar de influências emocionais e instintivas. Assim, vamos aprendendo a pensar, adquirindo o autodomínio, o equilíbrio interno e a capacidade de raciocinar dentro da lógica.

Na existência, o ser humano encontra-se em situações diversas, algumas prazerosas, algumas difíceis e outras ainda mais complicadas, porém todas são de sua responsabilidade, de acordo com o seu comportamento mental – pensamentos, ideias, necessidades ou desejos, por- tanto se faz necessário compreendê-los, pois podem se tratar de pensamentos realizadores ou apenas imaginários.

Toda intemperança causa acontecimentos que abalam a organização da natureza, resultam em perdas para a Humanidade e isso, é de nossa responsabilidade. Podemos citar as ocorrentes chuvas em demasia ou a sua falta, que resultam em plantações infrutíferas, os rios desaparecendo ou incapazes de manter a vida do seu ecossistema, a agressividade cada vez mais comum entre as pessoas e, principalmente, o estresse, são sinais do desequilíbrio do ser humano em seus corpos mental e emocional, que se expressam no seu comportamento diário e causam o desequilíbrio ainda maior.

Com isso, ocorre uma baixa energética que interfere na energia que alimenta todo o universo. Portanto, cada pensamento, palavra ou atitude de nossa parte influi na ordem da natureza e atinge todos os reinos: mineral, vegetal, animal e hominal, causando todos os conflitos que estamos constatando.

Ao ter um pensamento ou um gesto, devemos ter a consciência de que a nossa energia refletirá em toda parte, atingirá todos os povos, podendo causar desequilíbrios e, assim, colaborar com o comprometimento do planeta.

É preciso também manter em mente o cuidado que devemos ter com a palavra oral ou escrita, pois ambas expressam a ideia formada pelo pensamento, ideias estas que podem ser reais ou imaginárias, portanto, “Cuidado com o pensamento: Pensou, criou!”

Um grande abraço,

Benedicta Fera de Moura

Fontes: Para Pensar – E. S. Morais
            Estudos do Seja Feliz – E. S. Morais

Fotos: ©Olly – fotolia.com
         

Posts Recentes

Assine já!

Quer estar por dentro das últimas novidades?

Não se preocupe, também não gostamos de spam ;)
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de privacidade.

Veja Também

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Institucional