Segunda, Junho 26, 2017
   
Text Size

Pesquisa

Ser Responsável

homemazulSer responsável é responder por tudo aquilo que assumimos na vida. Responder significa condizer, equivaler à situação, às pessoas com as quais vivemos. É ser condizente com a finalidade de tudo que nos rodeia, segundo nossa capacidade. Tudo na vida está para evoluir, para trilhar o caminho que levará a uma felicidade. Ser responsável, portanto, é ser condizente em pensamentos, emoções e ações com o que nos cabe nesse momento para favorecer a evolução do que esteja sob nossos cuidados.

Assim, se tenho por responsabilidade cuidar de um cão, devo ser condizente com o meu papel de favorecê-lo ao máximo, para que tenha uma vida saudável através da alimentação, cuidados veterinários, higiene, atenção e afeto. Se assumo a responsabilidade de um trabalho, devo fazer com que ele se desenvolva ao máximo, segundo a força que coloco, que deve ser sempre no melhor da minha capacidade. Assim, se sou responsável por diagramar um jornal, tenho que fazê-lo no tempo correto e com a qualidade que me cabe, dentro do que é estabelecido. Se sou responsável por uma família, devo proporcionar o melhor para que ela seja harmoniosa e nas funções que me cabem, cumpri-las com bom desempenho, para que a relação familiar se desenvolva em um ambiente de afeto, cooperação e compreensão. Por exemplo, se sou responsável pela manutenção financeira do lar, devo satisfazer essa necessidade a contento para que a insatisfação familiar não venha comprometer a harmonia na relação pelas preocupações com as contas para pagar.

Podemos dizer que há certas coisas na vida que não assumimos por nossa vontade. Porém, não podemos dizer que os fatos ocorram de modo aleatório e sem uma razão. Somos nós, em nossa ignorância, que não alcançamos os motivos do que ocorre, mas de fato, em última instância, somos nós que escolhemos, seja de forma consciente ou pelo carma que movimentamos ao longo das encarnações. Isso não quer dizer que temos que aceitar tudo nessa vida. Se temos condição de mudar, é algo que temos que decidir, assumir e responder pelas conseqüências dessas escolhas. Para ser responsável é necessário ter uma abrangência de conhecimento do que assumimos, para que possamos ter a melhor correspondência para a evolução. Ser responsável é ser conhecedor pela observação de tudo o que cabe ao objeto de minha responsabilidade. Num dos exemplos citados acima, devo saber quais as necessidades de um cão, o que faz bem para sua alimentação, sua saúde, seu bem-estar em todos os sentidos, para que possa supri-las e ele se sinta muito bem. Se meu conhecimento é falho, minha resposta ao que assumo será destoante da finalidade do compromisso assumido. Poderá ter sido ou uma falha na observação ou negligência no cuidado do que está sob minha responsabilidade. Para ser responsável é necessário que a visão do que assumimos não se restrinja a uma miopia, isto é, ao que está mais próximo, mas seja ampliada a um horizonte maior de desenvolvimento.

A falta de responsabilidade, ou a irresponsabilidade, surgem da não consideração dos fatos que se sucedem, buscando somente uma satisfação momentânea. Desse modo, seguindo o mesmo exemplo, pegar um cão filhote porque ele é “bonitinho”, sem considerar que ele irá crescer, que precisa de cuidados quando ficar enfermo, que demandará recursos financeiros para alimentação e todos os demais cuidados, que entrará no cio, se for fêmea, etc. Qualquer decisão exige uma avaliação cuidadosa para que possamos agir com responsabilidade. Enfim, tudo o que envolve a vida desse ser deve ser considerado. Isso não quer dizer que temos que nos limitar pelo que será difícil, mas que não devemos tomar nenhuma decisão por impulso, para não sermos irresponsáveis.

A responsabilidade cabe a cada um, independente do que o outro faz ou deixa de fazer. Se justificamos a falta de ação ou o descuido porque a maioria faz o mesmo, ou que fazemos mais que muita gente, caindo em uma mediocridade, a resposta que damos à vida é no mesmo nível. Isso é uma questão de maturidade, que só existe em seres responsáveis. Se algo não sai como deveria, é porque ali temos uma parcela de responsabilidade também, mesmo que seja mínima. Ser responsável é assumir as conseqüências de nossas imaturidades, conscientes de que somos os únicos responsáveis por elas. Do mesmo modo que temos a condição e a responsabilidade total de mudarmos, se assim quisermos. Ser responsável é um dos passos para um dia Sermos imagem e semelhança do Creador.

Um abraço, querido leitor,
Fábio Mikio Kikuti

Novidades

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4