Segunda, Outubro 23, 2017
   
Text Size

Pesquisa

Determinar-se a realizar

capaQuerido leitor, mais um ano está finalizando. É hora de fazer uma retrospectiva do que alcançamos e do que deixamos de realizar, tirar as lições dos erros cometidos e do que foi aprendido. Mas, acima de tudo, retomar os objetivos não alcançados, reavaliando-os ou formar novos, já que hoje temos mais experiências e vivências e, assim, uma visão diferente da que tínhamos há um ano atrás.

De qualquer modo, temos que traçar objetivos, pois só assim podemos conquistar algo na vida e, principalmente, teremos condições de «tomar a vida em nossas mãos». Definir um objetivo deve atender a algumas questões: «O que eu quero?» «Por que eu quero isso?» (significa «qual a razão de eu querer isso?» «em que isso vai me acrescentar?») «Para que quero isso?» («qual a finaldiade prática disso que eu quero?») «Tenho condições de conquistar isso, dentro de minha realidade?» Sempre um exemplo prático nos auxilia a esclarecer melhor: - Assim, meu objetivo é passar em um concurso público. O motivo é para que eu trabalhe em uma atividade que garanta uma condição de futuro, buscando tanto uma satisfação pessoal, quanto financeira. Isso trará uma estabilidade emocional, que refletirá em benefício à condição física e mental minha e daqueles que vivem comigo.

Com essa condição, poderei construir minha casa, comprar um carro, dar um sustento para um lar, ajudar amigos que necessitem e ter a base para sustentar uma vida. Para atingir esse objetivo, avalio que tenho condições mentais, físicas e emocionais, que me permitem passar nas provas do concurso. Se todos esses pontos estão estabelecidos e, portanto, o objetivo está bem definido, é necessário traçar um plano para atingi-lo e para isso, temos que ter uma determinação de o fazer. Determinação significa determinar-se em ação, é impor pela vontade. O plano é o que dirá o que fazer e a determinação é desenvolver os movimentos com força, de modo organizado e disciplinado para atingir os objetivos. É de fato juntar todas as energias pra que o objetivo seja atingido, passo a passo. Não há conquista sem esforço. A certeza do êxito deve ser o que move cada ação. Nessa hora é necessário reunir todas as qualificações que temos e não ficar nos concentrando nas dificuldades, mas saber que embora elas existam, não são maiores que a vontade de ultrapassá-las e chegar no ponto almejado. Isso é que faz a diferença entre alguém que alcança o que quer e quem não consegue. Isso não quer dizer que seja fácil, pois superar os próprios limites é que fará com que essa vontade se concretize.

Podemos achar que os maiores problemas estão fora de nós e até nos esforçamos para superá-los, mas realmente a maior dificuldade é a barreira que nós mesmos colocamos em achar que não somos capazes. Se ultrapassarmos essa barreira, não nos limitaremos, pois tudo dependerá tão somente de nós mesmos, seja qual for a circunstância. A única coisa que pode barrar nosso desenvolvimento em busca do objetivo somos nós mesmos. A melhor condição para vencermos é a que temos aqui e agora. Achar que só porque fulano tem essa condição ou aquela vantagem, irá fazer com que eu, que não tenho as mesmas condições, não alcance o meu objetivo é uma limitação mental e já será meio caminho para a derrota. Transformar toda a situação atual como a melhor e caminhar para frente sem deixar a vontade ser influenciada por fatores externos é que fará com que a realização chegue, como fruto da determinação. E realização é tudo o que contribui para a evolução sua e das demais pessoas. Sejam quais forem seus objetivos para o próximo ano, determine-se e consequentemente, o resultado será a realização.

Um abraço querido leitor,
Fábio Mikio Kikuti

Novidades

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4