Sexta, Novembro 24, 2017
   
Text Size

Pesquisa

Espírito de Equipe

equipeO Espírito é a parte imaterial do ser humano e quando falamos de equipe, nos reportamos a um grupo de pessoas que se reune em torno de um objetivo específico, por exemplo, desenvolver um projeto dentro da empresa. Cada componente vai equipar, isto é, abastecer a equipe com os recursos que já possui, a começar pelas suas habilidades técnicas, sua inteligência, ideias e seus ideais e energia de trabalho.

Existem muitas variantes, na forma como se enxerga o ser humano e a empresa, que têm origem nas concepções: cultural, religiosa e filosófica. Entretanto é de consenso geral que são as ideias que movimentam o homem e as suas criações, dentre elas, as empresas. O vínculo que se estabelece entre o indivíduo e a empresa, na qual ele trabalha, pode modificar seus hábitos e costumes e implantar sementes de novas maneiras de viver e se relacionar com o grupo.

A somatória das qualidades e características pessoais dos componentes da equipe forma um único corpo energético para fazer frente à realização do projeto, que será concebido dando-lhe forma e expressão. A força da imaginação e vizualição entra em cena para moldar aquilo que se pretende criar: seja uma aeronave, um prédio ou uma vacina.

As características pessoais de cada pessoa da equipe também não estarão de fora, fazendo surgir as expectativas, as esperanças, os medos, as simpatias e antipatias, as decepções, os conflitos de interesses, o status, o prestígio, a ganância e a ambição. Esse nível das relações nem sempre é transparente, acontece de forma velada e sutil. Somente um olhar mais observador e atento tem condições de diagnosticar como anda a ”temperatura” energética da equipe.

Em geral, na empresa, estamos acostumados a ver a realidade que nos cerca, baseada nos processos e recursos materiais que demandam uma atenção permanente daqueles que estão à frente do projeto. Essa forma de trabalho faz com que não se dê a devida importância ao espírito de equipe que reina no grupo de trabalho. Uma só pessoa que esteja desestruturada e em oposição aos objetivos da equipe, pode minar toda força de trabalho empenhada.

O gerenciamento das relações interpessoais levado a sério, permite evitar a sabotagem ou o boicote do projeto. Conseguir que cada integrante dê o melhor de si é uma verdadeira arte e muitos livros são escritos, constantemente, a respeito desse assunto. Isso implica saber o que acontece com as pessoas e participar de seus conflitos e questões existenciais. Os diálogos e treinamentos que visam um aprimoramento pessoal colaboram e muito, para que as pessoas sintam-se satisfeitas com aquilo que fazem e se tornem colaboradores eficazes. Em outras palavras, o sucesso de um projeto não pode ser visto apenas sob o resultado financeiro que ele pode trazer, pois uma equipe bem sintonizada aplica a inteligência e a criatividade para lidar com os processos de elaboração de um projeto (parte material), mas aplica principalmente, a generosidade, a ponderação e a flexibidade entre outras qualidades, para promover a melhor situação energética possível.

O espírito de equipe está presente quando seus integrantes se ocupam do nível das relações, buscando o crescimento e a evolução, sem medo de fazer as transformações necessárias para melhorar e superar os problemas pessoais e grupais.

Bibliografia

BURKHARD, MOGGI, Daniel e Jair. O Espírito Transformador, Ed. Gente, São Paulo,2000.

 

Foto: © Nozomi Stall | Dreamstime.com

Novidades

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4