Sábado, Julho 22, 2017
   
Text Size

Pesquisa

Maio de 2006

Carta ao Leitor - Como ter êxito emocional e afetivo

Antes de tudo, para podermos entender a necessidade de termos êxito emocional e afetivo, devemos entender que só será possível alcançar este resultado, que nada mais é do que obter um resultado feliz, do que ter um bom sucesso e também, de ter um bom êxito, e quando entendemos que só através da convivência, que não é só com as pessoas que nos rodeiam ou com os objetos de importância, mas a maior importância é consigo mesmo.

Leia mais:Carta ao Leitor - Como ter êxito emocional e afetivo

Brasil - Ano de Copa

Leia mais:Brasil - Ano de CopaEste é mais um ano de Copa do Mundo e com que entusiasmo as pessoas se contagiam pela energia deste esporte que é o Futebol..., em especial: os Brasileiros. O Brasileiro, por excelência, já é um torcedor nato de Futebol, mesmo aqueles que torcem para um time mas nunca sabem se está ganhando ou se já foi para segunda divisão, porém quando o assunto é Copa... pronto, lá está ele torcendo: vibrando pelo time do seu País.

Leia mais:Brasil - Ano de Copa

Ciência - Esquentando e derretendo

Leia mais:Ciência - Esquentando e derretendoO planeta está esquentando numa velocidade como nunca aconteceu, o gelo está derretendo, recuando e tanto a vida de comunidades do Ártico, assim como das glamurosas estações de inverno na Europa estão sob ameaça, se não tomarmos uma atitude. Porém, o pior não é isto, e sim a interferência na vida de toda uma cadeia ecológica de um sistema. Não é só o homem nativo do Ártico que está sofrendo, todos os animais estão padecendo de um descontrole da cadeia alimentar em decorrência do fenômeno do degelo.

Leia mais:Ciência - Esquentando e derretendo

Comportamento - Nós, instrumentistas da grandiosa sinfonia da Creação

Leia mais:Comportamento - Nós, instrumentistas da grandiosa sinfonia da CreaçãoA arte através de suas inúmeras manifestações, constitui uma ferramenta importantíssima a ser usada em nossa jornada evolutiva. Ela possibilita aprimorar nossas percepções, nos tornando seres sensíveis à Vida que nos permeia.

Para muitos de nós, a Vida, ainda não é sentida, por esta razão nos perdemos em um mar de sensações desordenadas que nos dão apenas a ilusão de estar vivos. Nunca iremos sentir a Vida se não tivermos precisão suficiente para notar a sua sutileza. Didaticamente é como se tentássemos pesar uma pena em uma balança de pesar caminhão. Nos parece lógico que a pena nunca será percebida pela balança.

Leia mais:Comportamento - Nós, instrumentistas da grandiosa sinfonia da Creação