Quinta, Abril 27, 2017
   
Text Size

Pesquisa

Setembro de 2006

Carta ao Leitor - Miséria, ganância e falta de autenticidade - Parte II

Dando continuidade ao tema abordado no mês anterior, sobre miséria, ganância e falta de autenticidade, falarei da ganância. Por serem os três comportamentos consequentes um do outro, a ganância está fortemente atada à miséria. Na miséria existe a mesquinhez para consigo mesmo e com os outros, vive uma vida de privação, com medo de perder e lhe faltar o que aproxima do comportamento ganancioso, em que somente quer ter, temendo perder e com constante objetivo de ganhar e possuir vantagens.

Leia mais:Carta ao Leitor - Miséria, ganância e falta de autenticidade - Parte II

Brasil - A importância do verde na vida das pessoas

“Todos nós sabemos a importância do verde... Sabemos, mas ainda não tão conscientes do bem que ele nos proporciona... Satisfazendo seus fortes desejos pessoais o homem causa o desmatamento impensado, é ingrato pela sábia natureza que provém esse mesmo homem do necessário a sua sobrevivência”. Toyoko Matsuura

Leia mais:Brasil - A importância do verde na vida das pessoas

Religiosidade - O poder da Cabala

Muitas religiões foram inspiradas nos ensinamentos de amparadores, que encarnando em determinadas épocas, trouxeram novos conhecimentos com o objetivo de ensinar aos seres humanos a ser feliz. Infelizmente, a maioria destes ensinamentos foi deturpada pelos seguidores destes Mestres e Iniciados e o que temos, em termos de religião, em nossos dias, muitas vezes, não passa de um conjunto de dogmas seguidos cegamente, sem que as pessoas saibam o porquê de seguir tais ensinamentos.

Leia mais:Religiosidade - O poder da Cabala

História - História da Medicina

A medicina, tal qual o homem a conhece hoje, precisou vencer uma série de limitações, entre elas o próprio preconceito, a fim de que pudesse se tornar uma verdadeira aliada no combate às doenças humanas.

Leia mais:História - História da Medicina

Comportamento - Coragem: ouse e seja feliz

O conceito de coragem está relacionado muito com batalhas, conflitos e /ou guerras. O que se acredita é que a pessoa corajosa é destemida e, muitas vezes, age pelo impulso. Ao contrário dessa “definição”, a coragem não é um impulso, ela possui uma sequência lógica e racional de pensamentos e atitudes. Ter coragem é saber o limite até onde a pessoa possa ir em sua atuação.

Leia mais:Comportamento - Coragem: ouse e seja feliz