Domingo, Julho 23, 2017
   
Text Size

Pesquisa

Como lidar com as diferenças entre os filhos

filhosCada ser humano é único e, por mais que os pais se esforcem, não é possível tratar todos os filhos da mesma maneira. Os pais amam e brigam com os filhos com a mesma intensidade e tentam tratá-los da mesma maneira, mas eles não são clones.

Os princípios e regras devem ser os mesmos para todos, mas os pais devem estar conscientes de que cada filho vai interpretar o que eles falam de uma forma diferente.

Muitas vezes, essa forma diferente de tratamento pode gerar alguns conflitos e ser motivo de sentimento de culpa por parte dos pais. Entretanto, segundo especialistas em comportamento, a diferenciação entre os filhos, de mesmo sexo ou não, diferença de idade e até mesmo gêmeos, faz parte da natureza humana.

É comum e até natural, os filhos cobrarem dos pais tratamento igual, independente das características pessoais, pois eles sempre exigirão as vantagens que acreditam que o outro irmão possui. É claro que aquele filho que estuda, respeita os pais e é esforçado terá mais benefícios do que um que não estuda, é respondão e não é educado. Os pais devem explicar isso na hora da cobrança, mas nunca fazer comparações do tipo “ele é mais inteligente ou mais competente que você”.

Os pais precisam sempre deixar claro para os filhos sua posição e o porquê de sua atitude. Isso não significa que devam estar sempre se justificando, o que seria uma inversão de papéis e os filhos tomariam o controle. Mostrar para o filho porque ele pode estar numa suposta desvantagem em relação aos irmãos, demonstrando que isso é resultado do seu comportamento.

Contudo, os pais devem se atentar às preferências sem uma fundamentação lógica de comportamento ou necessidade real dos filhos. Por exemplo, um filho que se assemelha física e/ou psicologicamente a uma figura querida do passado dos pais pode mais facilmente ser amado do que se acontecer o inverso. Também uma característica objetiva como o sexo da criança pode condicionar a relação pais-filho, na medida em que é ou não o sexo desejado para aquela criança em particular.

É em casa, e com essa diferenciação que a criança aprende a lidar com as pessoas. Quando os pais respeitam as diferenças e ensinam os filhos a lidar com elas estão preparando-os para viver em sociedade, educando seres com consciência de igualdade, sem preconceitos e mais fortes para enfrentar as desigualdades sociais.

Bibliografia:
http://www.apagina.pt/arquivo/Artigo.asp?ID=2575, em 05/09/09
http://aprendiz.uol.com.br/content/brukekuroc.mmp, em 05/09/09

Saiba mais: Diferenças devido à idade dos filhos; Diferenças devido ao sexo dos filhos.

Novidades

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4