Segunda, Novembro 20, 2017
   
Text Size

Pesquisa

Qualidade de vida na terceira idade - Há um início e um fim, mas tudo é vida.

terceiraidade2O crescimento da população de idosos, em números absolutos e relativos, é um fenômeno mundial. Atualmente, uma em cada dez pessoas tem 60 anos de idade ou mais e, para 2050, estima-se que a relação será de uma para cinco em todo o mundo e de uma para três nos países desenvolvidos.

Isso implica em aumento das demandas sociais e passa a representar um grande desafio político, social e econômico.

Apesar dos avanços tecnológicos na área médica da geriatria, tudo que se consegue até o momento é retardar alguns dos efeitos do envelhecimento em nosso organismo. De tal sorte que o declínio físico e muitas vezes intelectual, como consequência do envelhecimento, continua sendo um grande desafio para a ciência.

Sabe-se que a inatividade é o elemento que mais compromete a qualidade de vida na terceira idade.

O sedentarismo no idoso advém muitas vezes de imposições sócio-culturais, mais do que de uma incapacidade funcional. Os comportamentos atribuídos aos idosos referem-se à passividade e imobilidade, com reduzido nível de atividade física. No entanto, muitas dessas alterações, observadas nos idosos, são resultado da inexistência de estímulos, do que aquelas atribuídas ao envelhecimento.

Ao longo dos anos o homem constrói uma forma física de estar no mundo, uma forma física de se relacionar com os outros, uma forma física de existir e de transitar pela vida. Fazer atividade física significa: olhar-se mais, perceber-se mais, sentir-se mais, expor-se mais.

A prática de atividade física proporciona ao indivíduo o reencontro com sua corporeidade e a possibilidade de voltar a amarrar o cordão do sapato, cortar unhas, pentear o cabelo, sair de casa, pegar um ônibus, conhecer novas pessoas, fazer amigos, entre outras coisas. Incorporar o movimento à própria vida significa dar novos rumos à existência, significa em outras palavras, passar a cuidar mais de si mesmo.

 

Saiba mais:

O que é a terceira idade , quando ela chega , o que a sociedade pensa sobre ela , quais as influências ambientais sobre a terceira idade , o processo de envelhecimento .


O que é a terceira idade?
A terceira idade, uma das mais importantes etapas da vida, chega, muitas vezes, sem que a pessoa sinta. De repente "está" velha ou é assim considerada pelas outras pessoas, sem conseguir identificar bem este momento. Para cada um o sentimento de envelhecimento é muito diferente. Há pessoas com mais de oitenta anos que pensam e agem como jovens e pessoas jovens que já se sentem como se fossem verdadeiros velhos.

Quando a 3ª Idade chega?
Determina-se que a Terceira Idade se inicia aos 65 anos de idade. Mas este é um critério variável, visto que as pessoas possuem diferenças físicas e psicológicas que invalidam um critério cronológico de definição.

Quais as influências ambientais sobre a 3ª Idade?
A passagem da infância para a idade adulta é considerada um processo de amadurecimento. Este processo pode ocorrer de diversas maneiras. Muitas vezes, a criança que de repente por razões familiares necessita trabalhar, interrompe um processo de desenvolvimento mental natural para encarar as realidades da vida adulta. Por outro lado há pessoas que, mesmo idosas, ainda mantém vivo o espírito jovem ou mesmo o comportamento infantil.

Ao se chegar à Terceira Idade a pessoa carrega todas as características mais importantes deste processo de amadurecimento que evidentemente varia para cada um. Pessoas tristes, céticas têm tendência a encarar a

Terceira Idade como um período da vida cheio de problemas e sofrem mais. Outras são mais alegres e encaram os problemas da vida de maneira mais amena.
O que leva a estes diferentes comportamentos são as influências recebidas das pessoas e das características do meio em que se vive, e principalmente as características pessoais com as quais se nasce e são desenvolvidas durante a vida.

O que a Sociedade pensa da 3ª Idade?
As sociedades ricas, de primeiro mundo, encaram a 3ª Idade de maneira bastante prática e objetiva. O idoso recebe nestas sociedades todos os seus direitos e têm bem nítidos os seus limites, sendo que em determinados países há clara tendência em aproveitá-lo inclusive profissionalmente. Outras tendem a isolar o idoso, não sendo rara a ideia de se considerar inoperante, ideia esta influenciada pela exagerada valorização da juventude, tão própria da sociedade moderna.

Há sociedades que ainda não se adaptaram às grandes mudanças ocorridas, para que o idoso se sinta integrado a tais mudanças.

Como manter a saúde na 3ª Idade?
Além das influências pessoais e da sociedade sobre a terceira idade, há ainda a influência gerada pelo estilo de vida pessoal.

Hábitos alimentares e de atividade física são fatores importantes. Alimentação controlada com baixo consumo de gordura animal, açúcar e sal, são situações que minimizam os problemas de saúde. A vida sedentária é considerada um grande fator negativo sobre a saúde, por isso adequar a atividade física à idade é tão importante, do início ao fim da vida.

Extraído do livro "Ficar Jovem Leva Tempo... Um Guia para Melhor Viver"
Dr. João Roberto D. Azevedo. Ed. Saraiva

Novidades

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4